Qual o melhor tratamento sem cloro para piscinas?

como tratar piscina alpino

Diversos estudos já mostram os malefícios do cloro para a saúde das pessoas, como, por exemplo, o agravamento de asma, ressecamento da pele e cabelo, além causar ardência nos olhos. Tendo isso em vista, tratamentos sem os efeitos do cloro foram desenvolvidos e estão cada vez mais populares devido aos seus benefícios. No entanto, como saber qual a melhor forma de tornar a água da piscina limpa e saudável sem os efeitos do cloro? Para responder a essa pergunta vamos mostrar, neste artigo, alguns dos tratamentos e provar qual é o mais eficaz e seguro. Confira:

 

Ozonização

O ozônio é um germicida natural, que promete acabar com fungos e bactérias, sendo considerado mais eficiente que o cloro. O tratamento com gás ozônio (oxigênio trivalente altamente oxidante) é produzido automaticamente e diluído na água.

O gás ozônio tem um cheiro forte característico e existem algumas contraindicações, entre elas evitar o contato direto com a pele e evitar inalar ou permanecer em ambiente com odor de gás ozônio. Além disso, tratar a água da piscina por ozonização apenas a manterá protegida durante o tempo em que há produção do ozônio e recirculação, ou seja, apenas enquanto o aparelho estiver ligado e a água estiver passando e entrando em contato com o gás na câmara de ozonização. Esse tratamento não possui nenhum residual ativo que garanta proteção da água contra contaminação nos períodos em que o equipamento permanecer desligado.

 

Ultravioleta

O tratamento de água de piscina feio por Raios Ultravioletas é um processo de desinfecção feio por meio de uma onda de radiação solar. Toda a água que passa pela lâmpada durante esse processo fica livre de fungos, vírus, bactérias e algas instantaneamente e automaticamente. Sendo assim, essa é outra opção considerada melhor do que o tratamento por cloro.

O lado negativo de contar com esse tipo de tratamento é que, assim como a ozonização, a água só estará protegida e saudável enquanto o equipamento estiver ligado, fazendo a recirculação da água, já que não há residual ativo que mantenha a água limpa nos momentos em que o equipamento permanecer desligado. Além disso, toda a água que, por ventura, não passar pela lâmpada durante o processo de circulação não será esterilizada, assim como eventuais esporos de algas presas às paredes não serão atingidos.

 

Ionização

A ionização de cobre e prata é considerada a melhor e a mais eficaz tecnologia para tratamento de água de piscinas residenciais atualmente. Com um aparelho simples e que funciona de forma automática, íons de cobre e prata são lançados na água, na quantidade ideal, matando qualquer tipo de bactérias, fungos, algas e germes.

Desenvolvido pela NASA, esse tratamento para água foi utilizado nas primeiras missões tripuladas ao espaço. Sendo assim, tratar a água da piscina com o ionizador não tem qualquer tipo de contraindicação, sendo 100% seguro para a saúde das pessoas, já que é isento de produtos químicos, e mantendo a água cristalina e saudável, mesmo quando o aparelho estiver desligado. Outro ponto positivo é que dos tratamentos alternativos a Ionização é a tecnologia que menos consome energia.

Autor: Rafael Soul

Rafael Soul
Erro › WordPress

Há um erro crítico no seu site.

Aprenda mais sobre depuração no WordPress.