Controlando o pH e a alcalinidade da piscina

alcalinidade piscina de fibra alpino

 

Controlando o pH e a alcalinidade  da piscina

Água com pH inferior a 7,0 é denominada água ácida.

E com pH superior a 7,0 é denominada água básica (também denominada de muitas vezes de alcalina).

A limpeza de uma piscina é o tratamento químico da água, incluindo a cloração, o controle do pH da piscina e o controle da alcalinidade.

 

O cloro específico para o tratamento da piscina é o que desinfeta a água matando os micro-organismos que podem ser nocivos à nossa saúde.

Quando dissolvido na água, ele funciona como bactericida, germicida, fungicida, algicida e algistático, enfim, é indispensável para que a piscina tenha uma água em condições de banho.

NUNCA DEIXE DE LER atentamente o rótulo do cloro e siga à risca as orientações do fabricante em relação a quantidade e modo de aplicação na sua piscina.

O que é alcalinidade?

Podemos definir a Alcalinidade como a capacidade que a piscina tem de neutralizar ácidos, consequentemente manter seu pH estável.

É um parâmetro de capacidade e não de intensidade (como o pH).

Isto explica o porquê de uma piscina ter o pH neutro e ainda assim ter a alcalinidade alta ou baixa.

A alcalinidade é devida principalmente aos carbonatos e bicarbonatos e, secundariamente, aos íons hidróxidos, silicatos, boratos, fosfatos e amônia.

alcalinidade total é a soma da alcalinidade produzida por todos esses íons.

Qual a importância da alcalinidade da piscina?

Porque controlar a alcalinidade da piscina

Antes de colocar o cloro ou qualquer outro produto químico na piscina, é imprescindível ajustar o pH e a alcalinidade da água.

Apesar de todos os parâmetros influenciarem no equilíbrio químico da água e no conforto dos banhistas, deve-se dar atenção especial à alcalinidade, que quando mantida na faixa considerada ideal, proporciona a estabilidade do pH, dispensando correções frequentes, o que gera economia e maior praticidade.

A alcalinidade é definida como quantidade de substâncias presentes na água capazes de neutralizar ácidos.

A análise da alcalinidade pode ser realizada através de um Kit Teste de Alcalinidade ou com a Fita Teste.

Como ajustar a alcalinidade da piscina

Você geralmente vai encontrar, assim como no pH, a alcalinidade da piscina desajustada para baixo.

Ou seja: a alcalinidade normalmente tende a descer!

Se isto acontecer, e ela estiver abaixo de 80 ppm utilize o elevador de alcalinidade (por vezes chamado de estabilizador de pH ou pH Estável), que eleva a alcalinidade, estabilizando o pH.

Porém se a Alcalinidade estiver alta, ultrapassando 200ppm, aplique redutor de pH e alcalinidade.

O que acontece se a alcalinidade da piscina estiver baixa

Os principais problemas que podem acontecer caso você deixe a alcalinidade de sua piscina em patamares baixos são:

  • A água tende a ficar turva
  • Água assume facilmente uma tonalidade verde, mesmo estando translúcida
  • A água tem facilidade para ficar opaca, perder o brilho
  • Água da piscina fica corrosiva
  • O pH da piscina tende a variar demais, aumentando o número de correções e consequentemente o custo do tratamento
  • O cloro tende a perder o seu efeito algicida devido a fácil alteração do pH, podendo tomar um aspecto esverdeado.

O que acontece se a alcalinidade da piscina estiver alta

  • Turbidez da água
  • Água opaca, sem brilho
  • Formação de incrustações nas tubulações da piscina
  • Gasto excessivo com produtos químicos

O que é pH?

sigla pH significa “Potencial Hidrogeniônico“.

Em outras palavras, é o poder de concentração de íons H+ em determinada substância, que no nosso caso será a água da piscina.

Resumindo, é a medição da quantidade de íons de Hidrogênio dispersos na água, o que na verdade, determina se a água está ácida, está neutra ou está alcalina (básica).

Qual a importância do pH da piscina?

controle do pH da água da piscina, ou sua acidez, é primordial não só para a qualidade da água mas também para a durabilidade da piscina e de seus equipamentos como um todo.

Podemos citar vários motivos para se verificar e corrigir o pH da piscina.

  • Em primeiro lugar, os produtos químicos para tratamento da piscina caso sejam utilizados em uma piscina com água muito ácida, ou seja, pH menor que 7, vão apresentar resultados ineficientes, pois eles são feitos para serem usados em água com pH entre 7.2 e 7.6, ou seja, levemente alcalina.
  • Caso o pH esteja baixo, os banhistas sofrerão com irritações nos olhos, pele e mucosas e as partes metálicas dos equipamentos da piscina serão danificados devido ao processo de corrosão da água.
  • Caso a água esteja muito alcalina (básica), os produtos de desinfecção da água terão sua eficácia diretamente comprometida, a água da piscina se tornará turva facilmente e inicia-se, ao invés de processos de corrosão, processos de formação de calcário nas tubulações e equipamentos.
  • Como se não bastasse os usuários da piscina também irão sofrer irritações nos olhos, pele e mucosas.

O pH ideal é 7.2! É um valor próximo ao pH da lágrima de nossos olhos, justamente para não irritar a vista dos banhistas.

Como alterar o pH da piscina? Aprenda a corrigir o pH da sua piscina!

Para medição usa-se estojos de teste que geralmente vêm com uma parte medidora de Cloro disponível e outra parte medidora de “pH“.

Seguindo as instruções do estojo de teste você fará a medição e caso a água esteja ácida você irá adicionar pH+, que normalmente tem como principal ingrediente o “Carbonato de Sódio”, um pó branco que tem como finalidade aumentar o pH da água fornecendo “Íons Carbonato”.

Caso a água esteja alcalina iremos adicionar um “diminuidor de pH” que na maioria das vezes tem como ingrediente principal o “Ácido Muriático” que diminui o pH da água fornecendo “Íons H+”.

É interessante manter o pH da água sempre no nível correto para assegurar uma boa durabilidade da piscina como um todo e também a segurança dos banhistas.

MAS ATENÇÃO: SE O PH DE SUA PISCINA ESTÁ VARIANDO DEMAIS, É SINAL DE QUE A ALCALINIDADE ESTÁ DESREGULADA!

 

Autor: Rafael Soul

Rafael Soul
Erro › WordPress

Há um erro crítico no seu site.

Aprenda mais sobre depuração no WordPress.